RSS

Arquivo da tag: SP

Campinas teve 22 ônibus depredados desde o início do carnaval


A Polícia Civil de São Paulo já começou a investigar a depredação de 14 ônibus municipais na madrugada desta terça-feira (4), em Campinas, no interior do estado. Segundo a Associação das Empresas de Transporte Urbano de Campinas (Transurc), que não soube informar as causas da violência de hoje, disse que, desde o início do carnaval, 22 ônibus foram depredados na cidade.

Segundo a associação, 12 veículos tiveram as janelas e o alçapão do teto arrancados, câmeras de segurança danificadas e bancos quebrados. Isso, segundo a associação, deverá fazer com que menos ônibus das linhas 316, 317, 330, 331, 332 e 332 circulem pela cidade amanhã (5), já que, por causa do feriado, fica difícil conseguir peças de reposição.

O prejuízo estimado com a depredação de dez desses veículos foi estimado em R$ 30 mil. Os outros dois ônibus, que circulam pela região do Ouro Verde, tiveram as janelas e câmeras arrancadas. O prejuízo foi calculado em R$ 10 mil.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de março de 2014 em Notícias e política

 

Tags: , , , , ,

Fiscalização em SP vai identificar motoristas que usaram drogas como maconha e cocaína


Os motoristas que forem parados em blitze policiais no estado de São Paulo poderão ser submetidos ao teste de um novo equipamento, capaz de identificar o uso de drogas. Por meio da saliva, será possível detectar, em dez minutos, o consumo de cocaína, maconha, metanfetamina, fenilciclidina (conhecida também pela sigla PCP) e opiáceos.

Na capital paulista, as blitze já começam neste carnaval, durante a madrugada (entre a meia-noite e as 5h). Serão feitas três dessas operações por noite, sendo empregados 20 aparelhos capazes de detectar uso de drogas em cada uma. Além disso, mais de 3 mil policiais devem intensificar a fiscalização em todo o estado.

A operação de fiscalização no estado passará a ser conjunta, com a participação da Policia Militar, Polícia Civil, com delegado e investigador, e Polícia Técnico-Científica, que levará peritos. Com isso, o boletim de ocorrência poderá ser feito na mesma hora.

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, os novos equipamentos de identificação de drogas só serão usados com motoristas que apresentarem comportamento alterado e cujo teste do bafômetro não tenha acusado embriaguez. “Se tiver suspeita, o bafômetro não deu nada, mas a pessoa está totalmente alterada, você pede que ela faça o exame da saliva”, disse.

O projeto piloto do programa começou na madrugada de ontem (8), mas ninguém foi submetido ao teste de drogas. Foram autuadas 24 pessoas por dirigirem alcoolizadas, com seis prisões.

A blitz integrada terá também um monitoramento inteligente que usa filmagem. Assim, a cada cinco carros que passam, um é parado. Segundo Alckmin, no teste de ontem, dos 914 veículos que passaram pela operação policial, 218 foram abordados.

O motorista flagrado pelo teste de drogas será enquadrado pelo Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê detenção de seis meses a três anos. O condutor poderá ter de pagar multa R$ 1.915,40 e ter o veículo apreendido. No caso de pessoas que se recusam a fazer o teste, o policial que atendeu a ocorrência e o delegado de polícia vão registrar as condições apresentadas pelo motorista. Esses dados, detalhando os sinais de alteração motora do acusado, poderão ser usados posteriormente em uma ação judicial.

Segundo Alckmin, o programa será estendido gradualmente para o interior do estado e vai trazer outras ações de conscientização. O governo vai distribuir ainda 300 mil kits com folhetos, canetas, chaveiro, adesivo para carro e um bafômetro descartável.

Agência Brasil

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2013 em Notícias e política

 

Tags: , , , , , , , , ,

Lei que obriga hospitais de Mauá a utilizar pulseiras eletrônicas em recém-nascidos é julgada inconstitucional


O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo julgou procedente, em votação unânime, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) da Lei 4.665/2011, do município de Mauá. A referida lei obriga hospitais e maternidades do município a implementar sistema de segurança, com a utilização de pulseiras com sensor eletrônico, nos recém-nascidos e crianças de até sete anos, internados nos hospitais públicos e privados do município.

A norma de iniciativa do presidente da Câmara Municipal foi impugnada pelo prefeito sob alegação de que a lei acarreta em ofensa direta ao princípio constitucional da separação dos Poderes e cria despesas sem prévia dotação orçamentária. A Procuradoria-Geral de Justiça opinou pela procedência da ação.

No Órgão Especial, o desembargador Luis Soares de Melo, relator da Adin, fundamentou em seu voto: “trata-se, logo se vê, de indevida ingerência parlamentar na gestão administrativa, a causar, por isso mesmo, situação danosa às relações institucionais entre os Poderes Legislativo e Executivo municipais. Mais. Para além do vício destacado, a norma impugnada também não indica precisamente a origem de recursos orçamentários para atender aos novos encargos criados”, completou.

Adin nº 013195713.2012-8-26-0000

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de dezembro de 2012 em DIREITO&SOCIEDADE, Notícias e política

 

Tags: , , , , ,

Seis ônibus são incendiados em Sorocaba (SP)


Seis ônibus foram incendiados em Sorocaba, cidade do interior paulista a 90 quilômetros da capital, por volta das 23h50 de ontem (26). De acordo com o Comando de Operações da Polícia Militar (Copom) no município, os veículos estavam na garagem da empresa Transportes Coletivos Sorocaba (TCS), na Avenida Ipanema, zona norte da cidade. Essa é a terceira ocorrência desse tipo desde a última sexta-feira (23), totalizando oito veículos incendiados.

Na ação de ontem (26), cinco ônibus foram incendiados por completo e um ficou parcialmente danificado. Os veículos, pertencentes à empresa Breda, estavam desativados uma vez que a empresa está com pedido de falência na Justiça. Na sexta-feira (23), um ônibus urbano que estava em circulação foi parcialmente incendiado por criminosos no bairro Bonsucesso, por volta das 22h30. No domingo (25), outro veículo foi completamente destruído por volta das 22h20 próximo à Avenida Itavuvu.

As ocorrências em Sorocaba somam-se aos casos de violência na Grande São Paulo, que elevaram os índices de homicídio no estado no último mês. Último balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) mostra um aumento de 114% no número de vítimas em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Para conter a onda de violência em São Paulo, o governador do estado, Geraldo Alckmin, trocou o comando da secretaria, passando o cargo ao ex-procurador-geral do estado Fernando Grella. Ontem (26) o novo secretário anunciou os nomes dos novos comandantes das polícias Civil e Militar.

A nomeação dos novos comandantes foi publicada hoje (27) no Diário Oficial do Estado de São Paulo. Quem assume o Comando Geral da Polícia Militar é o coronel Benedito Roberto Meira, atual chefe da Casa Militar do governo do estado. Ele substituirá o coronel Roberval Ferreira Pinto. Na Delegacia Geral da Polícia Civil, o nome escolhido é o do delegado Luiz Maurício Souza Blazeck, em substituição a Marcos Carneiro de Lima.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de novembro de 2012 em Notícias e política

 

Tags: , , , , , ,

Direitos de pessoas deficientes serão lembrados em Missa em SP


São Paulo (RV) – A Pastoral das Pessoas com Deficiência da
Arquidiocese de São Paulo realiza no próximo dia 2 de dezembro a Missa da
Acessibilidade, em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e
pela defesa dos seus direitos.

Segundo Tuca Munhoz, coordenador da
Pastoral, “ainda não vivemos numa sociedade inclusiva, embora reconheçamos os
esforços para transformar essa realidade e os avanços conquistados. É nosso
dever agir por essa mudança e fazer valer os direitos das pessoas com
deficiência. A Igreja católica, que na sua história sempre liderou os movimentos
por uma sociedade mais justa, deve dar o exemplo e servir de referência para
toda sociedade”.

Esse evento faz parte do PIA – Projeto Igreja Acessível
– desenvolvido pela pastoral, que pretende implantar em todas as paróquias da
Arquidiocese, respeitando as suas necessidades e possibilidades específicas,
núcleos de trabalho baseado em quatro pilares fundamentais:

COMUNICAÇÃO
– para permitir o acesso aos sites e publicações da igreja e o acompanhamento
das celebrações eucarísticas através de versões em braile, audiodescrição,
libras e atenção especial ao deficiente intelectual;

ACESSIBILIDADE
FÍSICA – para possibilitar a total circulação pelo templo e pela paróquia,
especialmente às instalações sanitárias;

CATEQUESE INCLUSIVA – para levar
a instrução sobre os preceitos básicos da religião a todos, auxiliando na
formação de catequistas e estudiosos ligados ao segmento;

EMPREGO APOIADO
– implantando núcleos de aplicação desse método que auxilia na inclusão das
pessoas com dificuldades mais significativas no mercado de trabalho.

A
Missa da Acessibilidade será às 11h30, na Igreja de São Judas, na Av. Jabaquara,
2.682.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de novembro de 2012 em Notícias e política

 

Tags: , , ,

CÂMARA FEDERAL: Deputados fiscalizam políticas de segurança contra a violência em SP


A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados participou nesta segunda-feira (26) de reunião com representantes de policiais na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O encontro ocorreu antes de visita à comunidade Jardim Vaz de Lima, em Capão Redondo, atualmente sob intervenção da polícia, que tenta pacificar o local, considerado um dos mais perigosos de São Paulo.

Segundo o presidente da comissão, deputado Efraim Filho (DEM-PB), o objetivo da reunião e da diligência à comunidade é inspecionar as políticas públicas de segurança adotadas pelo estado de São Paulo em conjunto com o governo federal, depois da crise da segurança e da onda de violência que assola o estado.

De acordo com o deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP), que propôs a comissão externa, a comissão tomou a decisão de se deslocar até São Paulo para fazer uma inspeção, não uma visita. “Uma inspeção que visa fiscalizar e controlar os atos, acordos e planos de segurança que estão sendo feitos para conter a onda de violência no estado de São Paulo. É um trabalho que inicia hoje, mas não tem data para terminar. Enquanto houver pessoas inocentes, policiais, civis, militares, agentes penitenciários morrendo no estado de São Paulo, a comissão vai permanecer em São Paulo, dando continuidade a esta inspeção no sistema de segurança pública.”

Inteligência integrada O deputados visitaram, ainda, a Agência Integrada de Inteligência para combater a criminalidade em São Paulo, criada a partir de um termo de cooperação assinado entre o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o governador do estado, Geraldo Alckmin, no início do mês. O termo de cooperação prevê a formalização de ações de segurança pública em São Paulo.

“O papel da Câmara dos Deputados é estudar esse novo modelo de ação integrada que está sendo adotado e conferir os resultados obtidos, para que possamos aperfeiçoar as políticas públicas de segurança”, explicou Efraim Filho.

Na opinião do parlamentar, o diálogo com as autoridades policiais existe, mas precisa evoluir para que seja aberto e transparente sem acobertar números, já que o cenário é de crise e precisa ser melhorado.  “É possível perceber que a droga e o crime organizado estão na causa do problema e é preciso estabelecer métodos eficientes para combatê-los. E isso pode ser feito por meio de uma ação integrada de inteligência”.

Efraim Filho acredita que é preciso asfixiar a força econômica do crime organizado, que, segundo ele, sobrevive de um poder financeiro que não será dissipado sem ações de inteligência com prevenção e repressão.

A vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias,  deputada Erika Kokay (PT-DF), defendeu a ampliação desse tipo de  iniciativa para outros lugares e de uma ação articulada de várias  políticas, não apenas da área de segurança. “É preciso que nós possamos  ter uma ação emergencial, com muito vigor, com muita força, de  enfrentamento ao crime organizado, que significa ter uma atuação na área  de inteligência, para que se possa desconstruir esse nível de ousadia e  de crueldade a que o crime organizado tem se prestado aqui em São  Paulo; inclusive para que se possam desvendar possíveis relações entre o  Estado e o próprio crime. É dentro do Estado democrático de direito que  devem estar concentradas as respostas necessárias à crise que  enfrentamos.”

Mudanças nos comandos A diligência parlamentar ocorre após mais um fim de semana violento,  em que pelo menos 22 pessoas foram mortas na capital e na Grande São  Paulo. Nessa segunda-feira, o novo secretário de Segurança Pública do  estado, Fernando Grella, que assumiu a pasta na semana passada, anunciou  oficialmente mudanças nos comandos das polícias Civil e Militar  paulista.

Para Efraim Filho, a resposta do estado ao crime organizado foi lenta quando se percebeu que os criminosos estavam investindo contra os policiais. “Isso é uma afronta à ordem pública, ao poder público, e passa à comunidade um sentimento de pânico e insegurança. O policial militar tem um simbolismo para a sociedade de força e autoridade, e quando é confrontado de forma violenta e não tem respostas imediatas chega-se a uma crise instalada”, disse.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de novembro de 2012 em Notícias e política

 

Tags: , , , , ,

Quatro sem-teto são feridos a bala em tentativa de ocupação de prédio no centro de São Paulo


Quatro pessoas foram baleadas em uma tentativa de ocupação de prédio no centro da capital paulista, na madrugada de hoje (24), de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). O caso aconteceu na Rua Riachuelo, esquina com a Avenida 23 de Maio, por volta das 2h30. Ao tentar ocupar o prédio, os sem-teto foram recebidos a tiros.

Policiais militares que atenderam a ocorrência informaram que o proprietário do local, um homem de 65 anos, assumiu a autoria dos disparos. Por outro lado, ao serem colhidos os depoimentos de três dos quatro feridos já no hospital, as vítimas disseram que o autor dos disparos não seria o proprietário do prédio.

O suspeito foi submetido a exame residuográfico para verificar se há vestígio de pólvora. Ele foi detido para averiguação do fato e, em seguida, liberado.

Segundo o boletim de ocorrência, foram três feridos do sexo masculino: um autônomo, com 31 anos; um carteiro, com 43 anos; e um servente, com 22 anos. Uma cozinheira de 57 anos também foi atingida. A secretaria informou que três dos feridos foram socorridos no Pronto Socorro Vergueiro e outro foi levado ao Hospital Glória.

Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de novembro de 2012 em Notícias e política

 

Tags: , , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: