RSS

E O CARNAVAL CHEGOU – PÃO E CIRCO

01 mar

A notícia de uma criança que perde o braço em hospital público me choca, nos choca, como tantas outras notícias absurdas nos chocam e se renovam a cada dia. Sei que deveria estar acostumado mas não consigo convencer a mim mesmo que isso é normal.

Somos a 8ª economia do mundo e não temos dinheiro para estruturar a saúde pública com o mínimo de decência. Ouço falar em bilhões para a copa, bilhões em publicidade e não concebo não existir dinheiro, competência e fiscalização séria na saúde.

Sim, nossos políticos utilizam caríssimos hospitais particulares, eles e seus familiares, não necessitam do sistema público.

Culpam o caos da saúde, em boa parte, ao sistema previdenciário por anos a ele vinculado, talvez seja verdade, a previdência foi quebrada pelo próprio Governo Federal quando existia o caixa único e o dinheiro foi utilizado para obras faraônicas. Bastaria que o Governo corrigisse os valores e pagasse o que deve, já que é o maior devedor da Previdência. Basta que o Governo pare de proteger os empresários, principalmente os aliados e cobre, execute suas dívidas previdenciárias. Basta que o Governo fiscalize com seriedade os superfaturamentos e desvios de verbas.

É certo que não foi o PT que inventou tudo isso, mas foi este partido que em campanha colocou o dedo na ferida, jogou na cara de outros partidos e políticos dizendo que iria sanear tudo isto. Balelas, o PT vive de manipular números, de mentiras, de maquiagens que criam gigantescas bolhas em diversos segmentos.

O que vejo hoje é a criminalização e extermínio da pobreza através da máquina pública em vários setores. É a impunidade de massacres nas periferias, é a morte em hospitais públicos, é o alto preço de medicamentos.

Criaram a guetização com programas sociais fajutos que nada resolvem, apenas diminuem os índices de risco país e adiam o colapso social e, nestes guetos, longe dos olhos do mundo, nos ricões do país e periferias dos grandes centros, é que acontecem os massacres e abandonos. Tais programas sociais que evitam a migração guetizando as populações mais pobres, por outro lado geram a dependência total econômica da região e sua consequente dependência política, criando gigantescos currais eleitorais. O abandono é minimizado pela sensação falsa de proteção e amparo, a morte por falta de atendimento e medicação, bem como o extermínio são banalizados como uma fatalidade, uma normalidade do ciclo da vida.

Criaram durante anos no imaginário coletivo a imagem que o brasileiro é um povo pacífico, festivo e festeiro, que tem o “jeitinho brasileiro” que supera qualquer adversidade, e que política é coisa dos “doutores coronéis”.

Com o PT veio a esperança, o povo no poder, o poder do povo que não consegue enxergar que os coronéis  viraram  aliados em mais uma manobra de controle das massas populares. Criaram o mito Lula, o Sasá Mutema, o salvador da pátria, pai dos pobres e oprimidos, que hoje ganha por ano valor que passa de milhão, dos cofres públicos, viajando em jatos fretados por empresários, protegendo o interesse dos coronéis e dando as cartas dentro do partido que traiu as suas pseudo origens.

A mídia, quase toda comprada, controlada por coronéis ou endividada com os cofres públicos, banaliza toda esta violência, criminalizando os movimentos legitimamente sociais.

A oligarquia dos banqueiros e empresários cada vez explora mais o povo, enquanto o PT cria uma burguesia de Estado que viola todos os direitos constitucionalmente protegidos da população.

Vivemos uma ditadura disfarçada de democracia, com a maquiagem de um pseudo partido trabalhista.

Teremos eleições neste ano, temos, mais uma vez a oportunidade de expulsarmos da política estes velhos coronéis, seus sobrenomes, aliados e corruptos costumes.

Ou o brasileiro muda sua forma de votar, ou se acostuma com a banalização e começa a se acostumar a almoçar com o cheiro dos cadáveres, é como hienas, se acostuma a viver na solidão do abandono, a comer o resto dos barões, se acostuma com o cheiro da podridão para, ao final, rir-se no carnaval e futebol.

Anúncios
 
 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: